Tratados

Venham todos, que vai haver “sangue nas ruas”

Há uma nova organização extremista muçulmana em ascenção no espaço político e social belga. Chama-se, sintomaticamente, Muslim Rise, e no próximo fim-de-semana irá organizar um protesto contra a proibição de uso de burqa ou chaddor na Bélgica. Este adereço usado pelas muçulmanas apenas deixa visíveis os olhos de quem os usa, e é diferente, portanto, do hijab, o lenço que cobre as suas cabeças mas deixa a cara descoberta. Debato esta questão recorrentemente com colegas, amigos, e comigo mesmo, e tive dificuldade em chegar a uma posição. Mas cheguei, e concordo com as autoridades belgas. Aliás, os organizadores desta manifestção apressaram-se a resolver o problema daqueles que ainda hesitavam: no Sábado estará em Bruxelas, ao seu lado, uma estrela do islão radical britâncio, Anjem Choudary, que vem trazer visibilidade ao evento. O que ele disse? Que haverá centenas de muçulmanos britânicos a caminho de Bruxelas, e que haverá sangue nas ruas. Isso mesmo. Esse mesmo que disse ao Times “I’m smiling because sharia is coming“, ou que disse que Sayeeda Warsi “não era muçulmana”, era um côco, castanha por fora e branca por dentro“, avisando candidamente que a baronesa corre perigo. Sayeeda Warsi é neste momento dirigente do Partido Conservador e Ministra sem pasta do governo de Cameron. Podia ser um exemplo para muitos muçulmanos, mas pelos vistos não é para todos. Na sua Carta sobre a Tolerância, John Locke dizia que, entre os muito poucos que não merecem tolerância, estão os intolerantes. 350 anos depois, subscrevo plenamente.  

Maio 16, 2010 - Posted by | Sem categorias |

2 comentários »

  1. […] Publicado por ombl em Maio 18, 2010 Venham todos, que vai haver “sangue nas ruas” […]

    Pingback por Frutos da tolerância para com a besta do Islão(2) « Islão a nu – Para tomar consciência do terror | Maio 18, 2010 | Responder

  2. […] Código Penal Belga não deixou Conforme havia sido anunciado aqui, a realização de uma manifestação em Bruxelas contra a proibição da burqa estava prevista […]

    Pingback por O Código Penal Belga não deixou « Tratados | Maio 26, 2010 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: