Tratados

O Código Penal Belga não deixou

Conforme havia sido anunciado aqui, a realização de uma manifestação em Bruxelas contra a proibição da burqa estava prevista para o passado sábado, dia 22. A linguagem e a retórica que lhe estavam associadas deixou-me estupefacto, mas o bom senso e o Estado de direito prevaleceram. Não houve manifestação, porque os sistemas legais das democracias ocidentais não permitem estes discursos de ódio. Lamentavelmente, teve de ser o lamentável “Vlaams Belang” (partido flamengo de extrema-direita) a agir judicialmente – e a conseguir um crédito que, com toda a certeza, depois transformará em retórica islamofóbica. Aqui está um bom exemplo da complexidade da matéria e da dificuldade em tomar partido de forma consciente sem cair na tentação do populismo. A manifestação era inadmissível, os argumentos que generalizam preconceitos islamofóbicos também. Em questões como a presença islâmica na Europa, o terreno é minado; mas faz-se, desde que se saiba que não há “branco” e “preto” – há muitos cinzentos.

Maio 26, 2010 - Posted by | Sem categorias | , ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: