Tratados

Administração Obama e agora tudo vai mudar para melhor.

A Embaixadora dos Estados Unidos na Dinamarca veio hoje à universidade falar sobre as relações entre os Estados Unidos e a União Europeia. Só falou dos Estados Unidos.

Setembro 22, 2010 - Posted by | Sem categorias | , ,

2 comentários »

  1. Cada vez é mais notória a insatisfação de todos os Americanos na administração Obama! Também é verdade que o colocaram (se ele o pedir!) num patamar muito elevado! Patamar que apenas os deuses gregos conseguiam lá chegar (e vejamos agora onde é que a grécia está!)! No entanto, podia ter sido feito muito mais! Perderam demasiado tempo na questão da saúde, que foi muito importante mas que não seria o mais importante!
    Como diz um colega argelino “Exist des choses qui sont Important mais pas Urgent ,et ce qui est Urgent mais pas Important!”

    Comentar por Paulo Simoes | Setembro 23, 2010 | Responder

  2. Uma das conclusões mais imediatas que (já) se pode tirar deste mandato é que não há deuses na terra, e que, por vários motivos, muitas das reformas e medidas que Obama defendia, estão ainda por cumprir. Algumas das mais emblemáticas estão nesta situação; Guantanamo continua por fechar.
    Escolhi aquele título para o post para colocar o foco naqueles que achavam que, sem Bush, tudo iria ser radicalmente diferente na política externa norte-americana. Estes sim têm sido comprovadamente desmentidos, e era sobretudo a estes que me dirigia.

    Comentar por Bruno Oliveira Martins | Setembro 23, 2010 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: