Tratados

Terrorismo na Europa: “Todas as luzes estão vermelhas”

Mais cedo ou mais tarde, algum dos vários atentados que constantemente são desmantelados vai passar desapercebido, e não é improvável que seja na Dinamarca. De acordo com o Washington Times, o director do FBI, Robert Mueller, numa audição perante o Senado, referiu que “apesar da forte pressão que a luta contra o terrorismo lhe impõe no exterior, a Al Qaeda continua empenhada em executar ataques em grande escala dirigidos a alvos europeus e norte-americanos“. Alguns agentes europeus referiram nos últimos dias que os alarmes dispararam, e, na expressão do responsável máximo pelos serviços de inteligência e de contra-terrorismo franceses, todas as luzes estão vermelhas. Disparam  de todos os lados“. Um antigo responsável dos serviços secretos norte-americanos diz que os níveis de alerta actuais encontram-se semelhantes aos verificados no verão de 2001.

Um dos alvos preferenciais continua a ser o Jyllands Posten, o jornal dinamarquês que em 2005 publicou as caricaturas de Maomé. Nos Estados Unidos, a detenção de David Coleman Headley, cidadão americano detido com base em actividades terroristas na ìndia e na Dinamarca, revelou que este se encontrava na Europa enviado por Mohammed Ilyas Kashmiri, um operacional da Al Qaeda que aparentemente lhe forneceu dinheiro e armas para levar a cabo  um atentado contra o diário dinamarquês. Aguardemos, pois.

 

Setembro 27, 2010 - Posted by | Sem categorias | , ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: