Tratados

Cabeças de cão na Sicília

Ao longo de oito meses, durante este ano de 2010, o London Bureau for Investigative Journalism e o Financial Times conduziram uma investigação destinada a seguir o rasto do dinheiro oriundo de Bruxelas. Procurando saber mais sobre algumas das obras construídas com fundos comunitários, descobriram histórias interessantes ocorridas no sul de Itália e na Sicília, onde os velhos mecanismos mafiosos que se conhece de séries e filmes como “O Polvo” e a triologia “Padrinho” e livros como Gomorra são usados com toda a eficiência. A introdução a esta história vem em “EU-money to the mafia, the tobacco industry and multinationals?“. Vale a pena ler.

Anúncios

Dezembro 21, 2010 Posted by | Sem categoria | , , | Deixe um comentário

Camorra e ‘ndrangheta em Portugal

No fantástico “Gomorra”, Roberto Saviano relata a geografia transnacional da máfia napolitana, e em duas passagens refere-se a Portugal: existe uma loja de roupa de alta-costura contrafeita na Avenida da Boavista, controlada por um dos clãs de Secondigliano, e em Cascais existe igualmente actividade da camorra. Na edição de ontem do Expresso, refere-se que estas e muitas outras informações são confirmadas por um relatório da Europol e por um livro editado pelo antigo presidente da Comissão Anti-Mafia do parlamento italiano, Francesco Forgione. Se o crime organizado é por definição transnacional, a máfia napolitana terá necessariamente de sê-lo, igualmente. Reproduzo abaixo notícia de hoje do DN, com mais informações.

Portugal tem um papel “significativo” no tráfico de droga protagonizado pela ‘Ndrangheta, o principal grupo mafioso italiano envolvido nas redes de cocaína. A conclusão é da Europol, a agência policial europeia, registada no seu mais recente relatório, 2009, sobre as ameaças do crime organizado na Europa.

De acordo com o documento, embora a maioria da cocaína negociada pela ‘Ndrangheta chegue a Itália por via marítima, directamente da “fonte”, a Colômbia, “a droga é também, em quantidade significativa, distribuída através de Portugal, em alguma quantidade via França, mas especialmente através da Alemanha, onde o crime organizado italiano tem importantes bases de apoio”.

Segundo a agência europeia de investigação, a ‘Ndrangheta, que tem os seus contactos próprios com os cartéis colombianos, estabeleceu em Espanha um dos seus quartéis-generais logísticos. Os grupos traficantes italianos e franceses trabalham em conjunto na importação da droga para a Europa e, refere a análise oficial, “os membros italianos apoiam-se nos grupos de crime organizado envolvidos no tráfico de cocaína em Portugal”.

A acção da mafia italiana no nosso país é também confirmada num livro do antigo presidente da Comissão Anti-Mafia do parlamento italiano, Francesco Forgione, informação ontem reproduzida pelo jornal Expresso. Forgione indica mesmo Faro e Setúbal – ambas com portos e zonas costeiras apropriadas para desembarques – como locais de bases desta mafia calabresa. A Camorra, de Nápoles, tem também, segundo Francesco Forgione, um clã em Cascais e outro no Porto.

De acordo com fontes policiais consultadas pelo DN, a mafia italiana, tal como outros grupos de crime organizado, como as mafias de leste (ver texto em baixo), enquadra-se na chamada criminalidade transnacional e tem uma composição transfronteriça.

No caso da ‘Ndrangheta em Portugal, por exemplo, pode contar, além de italianos, com operacionais portugueses e brasileiros. Segundo uma fonte judicial citada pelo Expresso, esta organização mafiosa “está activa em Faro, na segurança ilegal a bares e discotecas e no tráfico de armas e droga”, com uma acção, no geral, discreta, mas eficaz.

A “discrição” da mafia no nosso país é apontada mesmo pela Europol como modus operandi característico, que esta agência descreve como o de “iludir a atenção das autoridades” através de outras actividades com moldura penal menos grave.

As autoridades estão atentas ao fenómeno e ainda em 2008 a PJ deteve 21 pessoas, incluindo três empresários de Alcobaça e um militar da Brigada Fiscal de GNR, suspeitos de tráfico de droga em ligação à Camorra.

Março 21, 2010 Posted by | 1 | , , | 2 comentários

   

%d bloggers like this: